segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

O Estranho Caso de Benjamin Button

Efectivamente aqui está outra perspectiva de vida!
Há determinados filmes ou livros que me levam irremediavelmente a pensar que poderia ter feto mais coisas na minha vida. Poderia ter sido uma vida mais cheia ou completa
Acaba por ser sempre uma atitude critica ao percurso de vida…
Acabo por sentir um certo vazio nostálgico de que em determinadas alturas poderia ter feito mais, ou diferente, mais empenhado ou actuante…
No fundo ter sido mais gerador de acontecimentos do que aquilo que fui!
Talvez a minha paciência com a vida me tenha levado a fazer este percurso!?

7 comentários:

L.M disse...

Não te deves arrepender de nada mas podes a partir de hoje ser diferente e tornares-te naquilo que poderias ter sido antes!! Nunca é tarde!! ;)

Quanto ao filme.... ainda não consegui ir ver ahhhh

Beijo

mimanora disse...

Também vi este fds e realmente é uma perspectiva diferente...
Nunca é tarde como diz a L.M.

Um gajo qualquer... disse...

Could I have been
A parking lot attendant??
Could I have been
A millionaire in bel air??
Could I have been
Lost somewhere in paris??
Could I have been
Your little brother??
Could I have been anyone other than me??

Dancing Nancies, DMB

;)

Matrix disse...

L.M não se trata de mudar aquilo que sou hoje... trata-se de por vezes olhar para trás e pensar que se podia ter feito mais em determinadas alturas da vida!
Quanto ao presente... esse vive apoiado no passado e cada vez mais a olhar para o futuro!

Gajo...
Pois claro que eu sou/somos aquilo por que passamos e vivemos e aprendemos! Disso não há dúvida!
(há quem não aprenda com aquilo que vive mas quanto a isso...)
Aquela máxima de vive o dia como se fosse o último.... nem 8 nem 80 (senão disparava a ansiedade!)acho que andei muitas vezes mais para o oito quando podia andar mais para o 40 e picos...lol

Eva disse...

Estou a ver que o melhor é eu não ir ver o filme...pelo menos para já!É que ando para aqui justamente numa época de " e se eu tivesse..."
Gostei dessa expressão "paciência com a vida"; por vezes também me interrogo vezes se não terei demasiada paciência com ela!
Eva

Matrix disse...

Eva vai ver que vale bem a pena!!!!
E quanto ao que retiro de tudo isto... são pensamentos que advém de vários factos da vida!
Cada qual retirará e sentirá de forma distinta!

eva disse...

Penso isso muitas vezes... Mas nunca é tarde... Na realidade, penso que todos acabamos por ter uma parcela de vida que consideramos "desperdiçada"... mas será mesmo assim?